MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2019: 3005573
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Dell Management Packs para SCOM 2012 R2 Liberados

Monitorar fisicamente servidores, storages e equipamentos físicos é uma premissa e um recurso muito importante para administradores de Datacenter.

Para os que não sabem ou ainda não implementaram a solução do OME (Open Management Essential) integrada com o SCOM leia o artigo que publiquei em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Monitorando-Storages-EqualLogic-e-Servidores-Dell-com-o-SCOM-2007-R2-e-SCOM-2012-RC.aspx

A boa notícia estão disponíveis os pacotes de monitoração atualizados para funcionarem com o System Center Operations Manager 2012 R2 em: http://en.community.dell.com/techcenter/b/techcenter/archive/2013/11/27/dell-management-packs-now-support-microsoft-system-center-2012-r2.aspx

Se possui servidores Dell, não deixe de implementar a monitoração detalhada de servidores, storages e dispositivos físicos Dell.

Posted: nov 28 2013, 14:47 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Monitorando Storages EqualLogic e Servidores Dell com o SCOM 2007 R2 e SCOM 2012 SP1/R2

Atualização de Management Packs disponivel em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Management-Packs-para-SCOM-2012-R2-Liberados.aspx

Todos que utilizam o System Center Operations Manager 2007 sabem o quanto é importante conhecer os Management Packs para monitorar detalhes de aplicações, serviços e outros.

Porem, poucos utilizam todo o potencial que os fabricantes disponibilizam por meio dos Management Packs proprietários e hoje irei mostrar uma implementação de SCOM integrado aos equipamentos Dell, servidores e EqualLogic muito interresante.

Ressaltando que os Management Packs do SCOM 2007 são compativeis com o SCOM 2012 atualmente em Release Candidate.

Para download do Server ProPack e do EqualLogic baixe os pacotes a partir do Microsoft Pinpoint nos pacotes da Dell, evitando baixar direto do site ou guardar links, pois são atualizados com frequencia http://pinpoint.microsoft.com/en-US/PartnerDetails.aspx?PartnerId=4295881286&CurrentTab=1

Para os exemplos neste post baixei os pacotes Dell Server Suite, Dell Server Pro e Dell EqualLogic sendo que todos são gratuitos (FREE)

23-12-2011 11-35-54

O próximo passo é fazer o Discovery para encontrar os servidores e para o storage utilizando as configurações padrão do Network Discovery com o IP do portal iSCSI do EqualLogic, que já identificará o modelo bem como algumas informações básicas. A partir dai basta esperar alguns minutos até que o SCOM detecte todas as informações dos servidores e do storage:

23-12-2011 11-36-3323-12-2011 11-30-13

Primeiro é possivel ver as funcionalidades que o Dell Server/PRO permitem monitorar e note no exemplo abaixo que será alertado quando ocorrer alta temperatura do processador, problemas nas fontes redundantes, fans, voltagem e até detalhes especificos como abertura da tampa e problemas com hot spare/discos pelo Healthy Explorer dos servidores:

23-12-2011 11-31-04

Também pelo Healthy Explorer do storage EqualLogic será possivel ter uma ideia das monitorações, que não se limitam a comunicação com o storage mas chega ao nivel de grupos e discos fisicos:

23-12-2011 11-27-24

Mas o mais interessante são, sem dúvida, as views que estes Management Packs. No exemplo abaixo utilizei a Complete Diagram View e o resultado é excelente, onde temos o storage, os grupos, volumes, controladoras e detalhes adicionais:

23-12-2011 11-34-18

Note que ao clicar no disco utilizando o diagrama até o numero de série é possivel de ser visualizado, demonstrando a importância destes recursos para administração destes equipamentos:

23-12-2011 11-35-27

Claro que abordei os equipamentos que trabalho e implemento com frequencia e neste ponto a Dell tem uma parceria muito forte com o time de produtos para desenvolver monitorações eficientes.

Caso utilize produtos de outros fabricantes poderá encontrar informações similares no catálogo do Microsoft PinPoint em http://pinpoint.microsoft.com/en-US/applications/search?q=management%20packs

Posted: nov 28 2013, 13:16 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Integrando Visualizações do Operations Manager 2012 no SharePoint 2013 com o Visio Services

Uma necessidade que muitos clientes solicitam é a possibilidade de integrar visualizações dinâmicas do System Center Operations Manager 2012 em TVs ou disponibilizar dados publicamente pelo SharePoint ao invés de utilizar o console.

Introdução

Este recurso é possivel por utilizar o Visio Services do SharePoint Enterprise 2013 integrado com o serviço de publicação de dados do SCOM, proporcionando uma visualização como abaixo com o site completo com 3 webparts, ou mesmo usando os Dashboards:

SNAG-0000

Nota: Apenas a primeira das webparts é dinâmica e online. As duas webparts de diagrama são apenas representações estáticas de um arquivo Visio gerado no console do SCOM.

Abaixo detalhes de uma webpart ampliada, onde temos os servidores desejados para a monitoração em tempo real:

SNAG-0001

Como este recurso é interativo, ao clicar com CTRL em um dos servidores, automaticamente será aberto o Operations Manager Web Console com o Healthy Check do servidor:

SNAG-0002

Mostrado o recurso e a sua integração em tempo real, vamos considerar como montar.

Configurando a Integração do Visio com o SCOM

O primeiro passo é baixar o pacote Microsoft Visio 2010 and SharePoint 2010 Extensions for System Center 2012 em http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=29268

No diretório Client será possivel instalar o conector no Visio que o permite ler dados do SCOM e gerar os Shapes no diagrama, estando disponivel em versão 32 e 64 bits:

SNAG-0015

Ao abrir um novo documento no Visio agora será possivel na barra de ferramentas ver a opção Operations Manager e clicando no botão Configure temos as opções para indicar o servidor Operations Manager

SNAG-0006

O primeiro dos itens que pode ser utilizado é o Add Status que inclui uma pequena tabela para indicar quando os dados foram atualizados, o que é muito util dentro do SharePoint:

SNAG-0007

Na sequencia podemos acrescentar os shapes desejados com o botão Insert Shapes, bastando selecionar a classe desejada e o objeto que será monitorado, como o exemplo abaixo:

SNAG-0009

Em alguns casos podemos utilizar shapes já existentes no Visio, por exemplo shapes de maquinas reais ou outros tipos de objeto da biblioteca existente. Isso é possivel utilizando o botão Link Shape e definir o objeto do SCOM que aquele shape representa:

SNAG-0010

Este processo também pode ser usado quando exportamos um Dashboard para Visio e depois vinculamos os objetos reais aos shapes no arquivo. Para isso pode ser usado o botão Reconcile Shapes onde o wizard listará todos os objetos e será mais rápido que o exemplo acima:

Reconciliate1

Selecione o tipo de atributo existente no desenho que será usado para mapear com os objetos do SCOM:

Reconciliate2

Por fim, o wizard irá mostrar os objetos que não foram encontrados correspondência e permitirá a ligação manual:

Reconciliate3

A partir deste momento já é possivel testar a integração do Visio com o SCOM clicando com o botão nos shapes e verificando o Healthy Explorer ou na lista External Data que aparece a cada objeto adicionado:

SNAG-0014

Configurando a Integração entre o SharePoint e o Visio

No mesmo pacote temos o diretório com o aplicativo que deve ser executado no SharePoint para integrar a webpart de Visio com o SCOM:

SNAG-0016

Após executar o setup abra o SharePoint Administration Portal e em Applications Management –> Manage Service Applications –> Visio Graphics Service –> Trusted Data Provider verifique se no Visio Service foi incluido o SCOM como fonte de dados:

SNAG-0017

SNAG-0018

SNAG-0019

SNAG-0020

Se a conexão acima não aparecer automaticamente, será necessário criar a entrada manual, por clicar em Add e digitando a linha acima de identificação do Assembly de conexão. Este passo está descrito no PDF do pacote de integração para intalação manual dos componentes de integração.

O passo seguinte é criar uma Document Library para colocar os arquivos Visio criados anteriormente. Esta pasta não necessita de qualquer dado ou configuração adicional, apenas fazendo o upload dos arquivos, como o exemplo abaixo:

SNAG-0005

Na sequencia edite umá página qualquer existente no SharePoint e adicione uma nova webpart Visio Web Access e defina nas propriedades qual será o arquivo mostrado na página. Veja também que é possivel configurar o tempo de atualização, o tamanho da webpart, aparência geral e outros:

SNAG-0004

Integrando o SharePoint com o SCOM

Os Dashboards do SCOM podem ser utilizado livremente no SharePoint, após instalar os componentes usando o DVD do SCOM. O primeiro passo é copiar a pasta Setup\xamd4\SharePoint do DVD do SCOM para o SharePoint:

ComponentSCOM

Abra o SharePoint Management Shell e execute primeiro o comando para permitir a execução do script e o script para instalação dos Assemblies:

Set-ExecutionPolicy Unrestricted

.\install-OperationsManager-DashboardViewer.ps1 solutionPath  “<<Local onde os arquivos foram copiados>>”

Quando perguntar o site, deixando em branco será instalado para todos os existentes.

Após a instalação entre em um site onde deseja utilizar a webpart e verifique em Site Settings –> Site Collection Features se o componente Operations Manager Dashboard Web Part está ativado, como o exemplo abaixo:

SharePointfeature

Agora já está disponivel, edite uma página do SharePoint e acrescente a webpart Operations Manager Dashboard:

SahrepointView1

Na sequencia defina o Dashboard que será mostrado utilizando o link do Operations Manager Web Console, como o exemplo abaixo:

SahrepointView2

Conclusão

Utilizando o pacote de integração podemos criar páginas no SharePoint dinâmicas permitindo a qualquer usuário com permissão em um site ou página acompanhar dados de monitoração do ambiente.

Posted: ago 14 2013, 19:15 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Conectando os Produtos System Center para Melhor Integração

Muitos que usam os produtos System Center 2012 ainda utilizam as ferramentas como nas versões 2007 e 2008, ou seja, de forma autônoma.

Assim, o Service Manager recebe incidentes manualmente quando algum tipo de alerta é gerado no Operations Manager. Os relatórios e dados de inventário (CI) precisam ser consultados no Configuration Manager.

Utilizando os conectores do Service Manager podemos integrar todos os produtos como mostra o diagrama abaixo:

image

Como pode ser visto no diagrama, é o Service Manager que faz o papel de integrador entre os diferentes produtos System Center. O Orchestrator também atua, porem por meio dos Runbooks que podem interagir com o desenho de atividades, mas já comentei em outro post http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Orchestrator-Integration-Packs-para-System-Center-2012.aspx

Criação de Conectores no Operations Manager

Os conectores precisam ser criados dos dois lados, inicialmente pelo Operations Manager em Administration –> Internal Connectors, como pode ser visto abaixo, onde os diversos conectores já estão criados, sendo que apenas um é criado no assistente e os outros criados automaticamente conforme o número de Management Packs:

08-02-2013 11-37-57

O primeiro passo é definir o nome do conector e quais os grupos de computadores do SCOM serão integrados:

08-02-2013 11-35-45

08-02-2013 11-35-53

No passo seguinte definimos quais são os Management Packs que serão integrados com o Service Manager, sendo que no momento de criação do conector pode-se escolher todos e fazer a manutenção após o conector já criado e testado, como será mostrado no próximo tópico:

08-02-2013 11-36-02

O ultimo passo ao criar o conector é definir critérios de filtro. Este item é mais importante que os dois acima (Computer Groups e Management Packs), pois permite definir de forma granular quais alertas irão gerar os incidentes no Service Manager. Por exemplo, apenas os erros são importantes em incidentes, assim como a prioridade e o estado do alerta no SCOM.

Também é importante notar que os incidentes no Service Manager podem ser abertos pelos estados resultantes dos Healthy Monitors do Operations Manager, o que amplia em muito o número de incidentes que serão gerados:

08-02-2013 11-36-10

Edição do Conector no Service Manager

Criado o conector no console do Operations Manager é possivel ver o mesmo conector replicado no Service Manager em Administration –> Conectors.

Se for necessário alterar como os incidentes são abertos, registrados e auto-atualizados é necessário alterar o conector pelo console do Service Manager, como mostrado na tela abaixo:

08-02-2013 11-36-28

Na tela de configuração do template definimos os critérios dos incidentes que serão sincronizados, lembrando que caso não seja configurado corretamente o conector no Service Manager, ao fechar um incidente este não será encerrado no Operations Manager e vice-versa.

No exemplo abaixo, selecionei todos os computadores pelo grupo, mas poderia ser feito um filtro pelo Management Pack, nivel de severidade, prioridade ou mesmo um campo personalizado:

08-02-2013 11-37-15

Criando Conectores de Itens (CI) no Service Manager

Note que a importação dos Management Packs tem a ver com os itens de configuração e não com os alertas definidos anteriormente.

Neste caso, o que será importado são itens, computadores e dados recolhidos dos agentes pelo Operations Manager, para formar a biblioteca de dados de configuração junto com o próprio System Center Configuration Manager.

Sendo assim, criar o conector de itens de configuração não é tão importante quanto criar o conector para os alertas, principalmente em ambientes onde o System Center Configuration Manager também foi implementado e sincronizado.

De qualquer forma, recomendo que se crie o conector de CI para que máquinas monitoradas pelo Operations Manager e que não contenham agente do Configuration Manager estejam contempladas no banco de dados do Service Manager ao abrir um chamado. Alem disso, o conector permitirá ver aplicações como sites do IIS e outros serviços do Windows pelo Service Manager.

Para criar e administrar este conector, basta definir quais os Management Packs que irão enviar dados e o agendamento para esta tarefa:

08-02-2013 11-38-52

Outros Conectores

Mais detalhes de cada um dos conectores pode ser vista no TechNet em http://technet.microsoft.com/en-us/library/hh524326.aspx

 

 

image

Para mais informações sobre o Windows Server 2012, acesse: http://clk.atdmt.com/MBL/go/425205719/direct/01/

Monitoração de Servidores com o System Center Advisor

image

O System Center Advisor já era um produto conhecido a alguns anos, porem no inicio de Março foi anunciado que ele passou a ser gratuito para todos os clientes!

O que é o System Center Advisor?

O Advisor é similar ao System Center Operations Manager 2012 (SCOM), porem com uma série de regras baseadas em boas práticas.

Atualmente ele suporta Windows Server 2008, Windows Server 2012, SQL Server 2005, SQL Server 2008, SQL Server 2012, Exchange Server 2010, Lync 2010 e SharePont 2010.

As suas regras atualmente somam 249 itens (em 15/04/2013) e sempre sendo atualizadas e acrescentadas. É possivel escolher quais regras serão utilizadas, por produto ou feature especifica.

É importante ressaltar que o Advisor não foi criado para dar suporte a estações, o que é responsabilidade do Windows Intune.

Suas telas principais são o Dashboard que traz um resumo dos alertas por tipo de produto e servidor:

image

Detalhamento de cada um dos alertas, com dados do servidor e os itens com seus respectivos valores que levaram o SCA a identificar o alerta:

image

Por fim, é possivel ver o histórico de atualizaçoes de hardware e software por meio dos snapshots de configuração disponiveis, permitindo comparar os valores de uma data com outro, criando um CCM de servidores:

image

Como se Cadastrar e Configurar o System Center Advisor?

Para abrir uma conta no SCA é necessário apenas ter uma Microsoft Account (antigo Live ID/Passport) e entrar na home em https://www.systemcenteradvisor.com/Default.aspx sendo que o cadastro é simples e claro.

O passo seguinte é instalar os agentes, porem iremos falar disso no próximo tópico.

Após criar a conta já é possivel configurar os alertas desejados, que podem ser acessados pela console em Alerts –> Management Alert Roles mostrado nas imagens acima na tela de alertas e ver a imagem abaixo:

image

Note que é possivel selecionar as regras por tipo de produto, como a imagem acima, ou mesmo por alerta especifico, por exemplo, se o PowerShell está instalado ou não quando for verificado o sistema operacional:

image

Outro item de configuração importante de ser realizado é a criação de usuários e seus papeis no portal.

A imagem abaixo das configurações de segurança mostra como podemos acrescentar, editar ou deletar usuários, bem como indicar quais alertas cada usuário irá receber em seu email:

image

O SCA não permite selecionar quais itens cada usuário do portal poderá receber, uma vez que os papeis podem ser apenas de usuário (visualização) ou administrador. Para receber os alertas, selecione o checkbox abaixo:

image

Instalando os Agentes nos Servidores

Para instalar os agentes é necessário baixar o aplicativo e o certificado digital, que é utilizado no Gateway como forma de autenticação. O diagrama abaixo demonstra como é o processo de comunicação:

image

Para fazer o download do certificado e o agente clique em “Setting up System Advisor” na Dashboard principal e selecione os itens pelos botões de download:

image

É importante entender que o agente (binário) é um só para qualquer conta, o certificado que identifica o cliente/conta que está sendo monitorada e pode ser utilizado em vários servidores que irão ser gateway. Em casos de servidores standalone, ele deverá ser agente e gateway.

Esta opção de instalação é feita durante o setup do agente:

image

Se a instalação é gateway, será solicitado os dados de proxy (se houver) e a localização do arquivo do certificado. Se a instalação é de agente deverá ser colocado o nome do servidor que é o gateway. Obviamente o primeiro cliente a ser instalado deverá ser o gateway server.

Logs e Configurações

A configuração dos agentes/gateways podem ser feitas a qualquer momento por utilizar a ferramenta “System Center Advisor Configuration Wizard”, onde ele irá mostrar as configurações especificas para agente ou gateway, como as duas imagens abaixo demonstram:

image

image

Tambem é importante que se dê permissão aos agentes no gateway por usar o grupo local “Allowed Advisor Agents” e acrescentar os computadores que irão se comunicar com ele:

image

Para verificar os logs, deve ser utilizado no Event Viewer o log “Operations Manager” ou o diretório Program Files\System Center Advisor\<AgentData ou GatewayData>\Logs.

Coexistencia em Ambientes com SCOM

O agente do SCA é o mesmo utilizado pelo SCOM, portanto os dois sistemas de monitoração podem coexistir, sendo que uma mesma maquina pode se reportar aos dois sistemas, que são identificados pelo Management Group, que no caso do SCOM é definido na criação do Management Server e no caso do Advisor ao criar a conta no serviço.

Como o agente do Operations Manager já é desenhado para permitir a monitoração por vários servidores SCOM em organizações diferentes, isso não é problema ou impeditivo para ambientes em que se deseje usar os dois sistemas de monitoração.

Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'mcse'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2019: 3005572
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Segunda Chance Está de Volta e com Desconto em Pacotes

Get a Second Shot at Microsoft Certification for free

A Microsoft acaba de anunciar que retorna a promoção Segunda Chance (Second Shot), o que significa?

Caso você compre um voucher de treinamento e não consiga aprovação, poderá fazer o mesmo exame novamente sem custos!

IMPORTANTE: Vcoê precisa gerar o voucher ANTES de fazer a marcação do exame, pois o código utilizado no agendamento é o mesmo que será utilizado para refazer o exame se necessário. Não há como solicitar ou usar após já ter marcado.

Desta vez a promoção é diferente do ano passado por ser baseada em preços regulares. No ano passado a segunda chance acrescentava um valor de 25% sobre o exame normal, exceto em caso de Packs de 2, 3 ou 5 exames com desconto progressivo.

Segue como será neste ano, detalhes em http://www.microsoft.com/learning/en/us/offers/secondshot.aspx:

  • Exame individual ao preço normal (U$ 100 no Brasil) com segunda chance, sendo que o exame e a segunda chance podem ser comprados e realizados até 31/03/2013
  • Pacote de exames para uma certificação especifica (novas certificações MCSA, MCSE e MCSD) com 15% de desconto no total, sendo que podem ser comprados até 31/03/2013 e realizados até 31/12/2013.
    Como exemplo, os 3 exames para MCSA: Windows 2012 sairiam pelo preço normal no Brasil de U$ 300, por U$ 255

Ou seja, alem do desconto o pacote de exames também tem 7 meses a mais na validade.

Caso tenha dúvidas procure o FAQ em http://www.microsoft.com/learning/en/us/offers/secondshot-faq.aspx

Posted: ago 27 2012, 21:39 by msincic | Comentários (6) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Certificação

Certificações Microsoft V3: Novos MCSE’s

Um ppt disponibilizado em uma palestra de Learning demonstrou bem como serão os novos MCSE’s para Windows 2012 e tecnologias de nuvem privada/public (Cloud).

O ponto interessante é que apesar de na página oficial só estarem visiveis as 3 primeiras carreiras MCSE, já está listado as que serão disponibilizadas (Messaging, SharePoint e Communications) que provavelmente estão ligadas ao Office 2013 que foi liberado em Beta a alguns dias (Exchange, Lync e SharePoint).

Outro ponto importante é a necessidade de ter o MCSA em Windows 2012 como requisito. Isso havia acabado nas ultimas certificações, por exemplo, MCITP Exchange e SQL não mais exigiam conhecimento de Sistema Operacional. Porem, um administrador de qualquer produto que seja deve ter o conhecimento de administração do SO e serviços de rede e agora foi reinstituido este requisito:

image

É importante lembrar que é possivel fazer o upgrade do MCITP para o MCSA Windows 2012 partindo de diversas certificações, como mostra o diagrama abaixo, com o exame 70-417:

image

Cadas um dos MCSEs já disponiveis estão em http://www.microsoft.com/learning/en/us/certification/mcse.aspx

Posted: ago 01 2012, 13:50 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Divulgadas certificações MCSA e MCSE para Windows 2012

Hoje foram liberadas as informações sobre as certificações MCSA (Microsoft Certified Solution Associate) e MCSE (Microsoft Certified Solution Expert) para Windows 2012, integrando com as de SQL e Private Cloud já existentes http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Certificacoes-Microsoft-Renovadase28093Entenda-o-que-Mudou-e-Aproveite-a-Promocao-2x1.aspx

Caso queira uma lista de todas MCSAs e MCSEs atualizadas, utilize os links:

No caso das certificações MCSA e MCSE Windows 2012 é interessante que a migração não será possivel para quem já é MCITP. Na prática pouco importa se você for MCTS em Windows 2012 ou MCITP pois o exame de upgrade é o mesmo:

image

Curiosidade: Porque Lync, SharePoint e Exchange entram como elegiveis para o upgrade?   Porque para estas certificações o conhecimento de AD e servidor é parte integrante, apesar de não ser o foco único.

Apenas após o exame 417 será possivel continuar para as outras certificações MCSE Desktop e Server Infrastrucutre:

image

image

Já estão disponiveis (na data em que escrevi este post) o conteudo dos exames 411 e 412 para o MCSA: Windows 2012 sendo que a liberação está prevista para setembro deste ano. O restante dos exames irá sendo liberado e atualizo este post:

Posted: jun 01 2012, 11:01 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Atualizado: Certificações Microsoft Renovadas–Entenda o que Mudou e Aproveite a Promoção 2x1

Ontem em um anúncio fechado aos Microsoft Learning Partners (CPLS) a Microsoft liberou as novas regras e politicas de certificação.

Algumas eu já havia comentado antes quando surgiu a nova trilha para o SQL Server 2012 em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Treinamentos-Oficiais-e-Certificacao-para-SQL-Server-2012.aspx.

image

Vamos a um resumo:

  • Retornam os nomes antigos, com a mudança no ultimo acronimo: MCSE = Microsoft Certified Solution Expert, MCSA = Microsoft Certified Solution Associate, MCSD = Microsoft Certified Solution Developer
  • No nivel básico, MCSA não é necessário recertificação, mas nos niveis Expert (MCSE/MCSD) a recertificação é obrigatória a cada 3 anos, ciclo de vida dos produtos Microsoft
  • O MCSA vira uma base com exames comuns a diversas especializações, sendo mais fácil conseguir upgrade

Vantagens do novo modelo:

  • Retorna termos conhecidos do mercado que são de clara hierarquia. O atual termo MCTS (especialista) e MCITP (profissional) não deixavam claro qual era maior entre elas
  • O MCSA se torna base comum, o que não acontece com muitos MCTS atuais que são base para apenas um ou no máximo 2 MCITP exigindo que o candidato tenha que fazer muitos exames
  • Serão poucos MCSA, diferente dos inumeros MCTS atuais. Segundo a Microsoft reduzirá em 85% o numero de certificações

Segue o exemplo da certificação de MCSE Private Cloud, já no novo modelo:

image

image

Para garantir que os exames atuais não sofram uma queda de procura a Microsoft está criando uma promoção onde o candidato fará um dos exames atuais e ganha automaticamente um dos novos exames equivalentes, chamada de 2x1 https://www.bsf01.com/creatives/prometric/Microsoft_TwoForOne/TwoForOne_Home.aspx

image

Atualização em 22/04/2012:

A partir do lançamento das novas certificações passa a já ser visualizado nos transcripts a equivalencia, no caso quem era MCITP Server Administrador passa a ter o MCSA Windows 2008:

image

Lembrando que a validade, ou expiração de uma certificação vale apenas para os “Experts” ou MCSE.

Posted: abr 11 2012, 10:46 by msincic | Comentários (11) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Certificação
Login